A estimulação muscular é realizada pela atuação da corrente farádica. Esta corrente é alterada, ou seja, intercala-se um período de estímulo a um período de repouso. Tem a capacidade de excitação neuromuscular. É aplicada através de dois eletrodos que são colocados em pontos “chave” da musculatura a ser estimulada. Cada vez que é emitido um estímulo elétrico pelo aparelho, observa-se uma contração sobre a musculatura, ou seja, cada impulso do aparelho provoca uma contração muscular. Entre as indicações estéticas, podemos destacar: flacidez e atonia muscular, estase circulatória e tratamentos de celulite.